16 de jun de 2012

I Feira do Livro e Leitura de Mato Grosso do Sul

O governo do Estado de MS, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SED), em parceria com o governo federal, prefeitura municipal e a Associação Brasileira de Difusão do Livro (ABDL), realizou no dia 14 o lançamento, em Dourados, do evento Cidades das Letras – MS, onde acontecerá a I Feira do Livro e Leitura de Mato Grosso do Sul. A feira faz parte do projeto Caminhos da Leitura, integrante do Circuito Nacional de Feiras do Livro.

O evento será realizado na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), parceira do evento. O Cidades das Letras-MS tem por objetivo incrementar as ações do Plano Estadual do Livro e Leitura de Mato Grosso do Sul (PELL-MS), lançado em setembro de 2011, em Bonito.

O PELL estabelece metas e estratégias com objetivo de assegurar a democratização do acesso ao livro, a valorização da leitura e o fortalecimento da cadeia produtiva e mediadora da leitura como fator relevante para o desenvolvimento da produção intelectual.

O Plano atuará como um norteador do desenvolvimento da leitura, literatura e expansão das bibliotecas, por meio de políticas articuladas que evidenciam a cidadania, a educação, o meio ambiente, as práticas sociais, o respeito à diversidade cultural, a inserção de novas tecnologias e a ampliação de acesso à informação.

Mato Grosso do Sul é o primeiro Estado a implantar seu Plano. O PELL/MS foi desenvolvido pela SED em parceria com a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e conta com o aval do Ministério da Educação e da Cultura que, antes da concretização do Plano Estadual, lançou o Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), a fim de mobilizar, capacitar e assessorar prefeituras e Secretarias de Educação e Cultura para o desenvolvimento e implantação de planos.

O PELL-MS é dividido em quatro eixos: democratização do acesso; fomento à leitura e à formação de mediadores; valorização da leitura e da comunicação e apoio à criação e ao consumo de bens de leitura.

São metas do PELL: fomentar a implantação e implementação de bibliotecas públicas e bibliotecas escolares em todos os municípios; estimular a criação de espaços de leitura que contemplem as diversidades de expressão; investir na publicação, promoção e distribuição de livros; aprimorar o uso de tecnologias de informação e comunicação; incrementar a formação de mediadores da leitura; instigar a reflexão das comunidades sobre o valor social do livro e da leitura; fomentar as práticas sociais da leitura como política de Estado; ampliar a cadeia produtiva do livro no Estado e apoiar a cadeia criativa do livro como instrumento de democratização da leitura e divulgar a produção literária, científica e cultural de Mato Grosso do Sul no País e no exterior.

As fontes de orçamento do plano devem abranger fundos públicos (União, Estado e prefeituras) privados e mistos, além da possibilidade de vinculação dos recursos orçamentários aos programas de leitura, livros e bibliotecas.

De acordo com a secretária de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Maria Nilene Badeca da Costa, o PELL é fruto de um grande processo de mobilização em nosso Estado: “os princípios e estratégias estabelecem medidas voltadas à formação de leitores, à implantação de novas bibliotecas e modernização das já existentes, à expansão do número de salas de leitura, à formação dos mediadores de leitura, à valorização de bibliotecários e ao incentivo à produção literária, intelectual, autoral e editorial”.

Cidade das Letras
O evento Cidades das Letras contará com seis espaços culturais diferentes:

- Pátio dos Livros Populares: livros que custam, no máximo, 10 reais; estantes e bancadas que facilitam a busca do público; espaço para livros mais vendidos, lançamentos e autores regionais; exposição de diferentes editoras com valores variados;

- Bate-papo na Estrada: entrevistas com autores conhecidos; sessões de autógrafos após os bate-papos; presença dos mais importantes autores brasileiros e escritores regionais;

- Estacionamento Infantil: área exclusiva para crianças, com atividades especiais; oficinas de ilustração e poesia; peças infantis; contadores de histórias;

- Cine Livro: cinema na praça (filmes baseados em livros); meu livro preferido – exposição dos livros preferidos de importantes personalidades brasileiras. Totem interativo com mostra dos livros preferidos pelos visitantes do site do projeto Caminhos da Leitura;

- Oficina do Livro: espaço para formação de professores, bibliotecários, livreiros e outros profissionais do livro; oficina do professor; biblioteca de livros virtuais; oficinas de vendedores de livros; oficina de autores; palestras técnicas;

- Na carona: atrações para o público jovem. Bate-papos com escritores e autores de livros para jovens, debates com temas atuais, apresentações musicais, leitura de poemas; o mundo dos autores de HQs; twitteratura;

- Biblioteca Esquenta: ação que acontecerá em parceria com o Programa Esquenta, apresentado pela Regina Casé na Rede Globo; uma parede com fotos e depoimentos de personalidades, contando sobre o livro que mudou sua vida.

Serviço
Polo Dourados: de 14 a 17 de junho, no Parque dos Ipês – Avenida Presidente Vargas, 1590 – Vila Progresso; Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) – Campus 1 – Rua João Rosa Góes, 1761 – Vila Progresso. Municípios convidados: Amambai, Angélica, Antonio João, Aral Moreira, Bela Vista, Caarapó, Caracol, Corguinho, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Sete Quedas, Tacuru, Taquarussu e Vicentina.

Polo Campo Grande: de 21 a 24 de junho, no Armazém Cultural – Avenida Calógeras, 3110 - Centro. Municípios convidados: Campo Grande, Alcinópolis, Anastácio, Aquidauana, Bandeirantes, Bodoquena, Bonito, Camapuã, Corumbá, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque, Nova Alvorada do Su, Pedro Gomes, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sonora e Terenos.

Polo Três Lagoas: de 28 de junho a 1º de julho, na Biblioteca Pública Municipal Rosário Congro – R. Alexandre Costa, 241 - Centro. Municípios convidados: Água Clara, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas.

 Fonte: Notícias.MS

2 comentários:

  1. Sabendo das coisas daqui, por aí ^^, valeu pela informação.

    ResponderExcluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.