26 de out de 2011

Resenha: Te amo te odeio sinto tua falta – Elizabeth Scott

Mais uma vez Elizabeth Scott (1972) presenteia o leitor com uma grande obra. Te amo te odeio sinto tua falta (Editora Underworld, 180 páginas, R$39,90), uma história bem escrita, que mantém a realidade tensa e triste de Menina Morta-Viva (Editora Underworld, 172 páginas, R$39,90), porém não é tão rápida, é mais aprofundada, sem ocultar detalhes da vida de Amy, 16 anos, que para fugir de seus problemas se afunda na bebida, e por conta do que causou por esse comportamento, vai parar em um centro de reabilitação. Para ajudá-la nesse processo, seu médico pede que escreva um diário sobre seus dias. Amy resolve escrevê-lo em forma de cartas para sua melhor amiga, Julia.

Amy conta seus dias na volta ao colégio, como é destratada por seus colegas que a olham com pena. O medo de se ver sozinha em uma festa, não ter tido um amor de verdade, fazer sexo apenas por fazer e somente quando estava bêbada, sem saber a real sensação, o verdadeiro prazer.

Conta como é conviver com seus pais que sabidamente não desejaram tê-la – eles vivem em um eterno namoro e esquecem que a filha tem necessidades, precisa de atenção como qualquer adolescente –, talvez esse seja um dos motivos para que a bebida a ajude, a esquecer.

“Minha mãe chegou a se encolher. Gostei disso. Gostava de vê-los tão perturbados. Agora sei por que você dizia coisas que faziam sua mãe gritar furiosamente e ficar vermelha de raiva. Sei por que sorria quando a perturbava dessa maneira”.

Amy sofre muito pelo descaso dos pais. Os pais de Julia se importavam, queriam saber da filha.

“Mas era isso. Eu estava lá. Eles sabiam disso. Fim. Meus pais tinham o coração cheio, transbordando do amor que sentiam um pelo outro, e não precisavam de mais nada. Eles não precisavam de mais ninguém”.

Uma das coisas que deixam a leitura arrastada é encontrar erros ou palavras cortadas, no livro encontrei algumas, e frases mal construídas, como esta que explica a cena de um filme que Amy está assistindo:

“um velho cambaleando, tropeçando nas coisas enquanto tinha um ataque cardíaco, caindo com as mãos nos seios da garota jovem e linda ao morrer”, como se a garota fosse jovem e linda ao morrer, e não o velho tivesse morrido, é necessário parar e até mesmo voltar a leitura para entender.

Na orelha erroneamente diz que o livro “Love You Hate You Miss You” (Te amo te odeio sinto tua falta) ainda será lançado. E a capa original traz uma moça ruiva deitada na grama, já na versão nacional ela está mais para loira, sendo que no próprio livro Amy fala diversas vezes que tem cabelos vermelhos. E num primeiro momento a fonte me pareceu pequena, pensei que teria dificuldades, mas não atrapalhou de nenhuma forma, já que o espaçamento foi maior. A leitura foi tranquila e gostosa.

Te amo te odeio sinto tua falta é uma história forte, sem nenhuma fantasia, adolescente ou literária. Recomendado!

“Silêncio. E não era um silêncio confortável. Era um silêncio chocado. E existe uma diferença. O silêncio chocado é pesado, opressor”.

*****
Editora: Editora Underworld
ISBN: 9788564025127
Ano: 2011
Páginas: 180
Tradutor: Débora Isidoro
Título: Love You Hate You Miss You
Preço: R$39,90
*****

Sobre a autora:
Elizabeth Scott nasceu em 1972 em uma cidade pequena e cresceu no sul da Virgínia. Atualmente vive nos arredores de Washington DC com o marido e o cachorro. Tem escrito vários livros sobre suas experiências de infância com os cães.


6 comentários:

  1. Eu adorei Menina Morta-Viva, escrito pela mesma autora... agora eu preciso muito ler esse livro... não tenho duvidas que vou gostar tanto quanto gostei de Menina Morta-Viva.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro é incrível, no mesmo estilo forte de Menina Morta-Viva, virei fã da autora. Super recomendado muito bom! =)

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ótimo mesmo. Estava em dúvida antes, mas vou colocá-lo na lista de desejados. Fiquei com vontade de lê-lo! Bjo.

    www.livrosfilmesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  4. Daniela, esse livro é realmente muito bom, não vai se arrepender se ler. Bjo. =)

    ResponderExcluir
  5. Menina Morta - Viva foi um dos livros mais emocionantes que li, acho que este não vai ser diferente. Gosto do jeito que a autora escreve, ela é simples mas profunda. Já está nos meus desejados só falta o dinheiro pra comprar rs

    Bjs

    Tati

    ResponderExcluir
  6. Tati, adoro essa autora tb, quero ler todos dela, e se você gostou tanto assim de Menina Morta-Viva (eu adorei!), talvez tb goste de "Distúrbio", valentina Silva Ferreira, que vai ser lançado em dezembro... é mais longo e forte, adorei =)

    É uma super história =)

    ResponderExcluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.