5 de jul de 2008

Resenha: Eu sou o mensageiro - Markus Zusak

"Ed Kennedy. Dezenove anos. Um perdedor.

Seu emprego: Taxista. Sua filiação: um pai morto pela birita e uma mãe amarga, ranzinza que faz questão de enfatizar seu ódio pelo filho toda vez que possível, ou seja, sempre que o vê ou lhe fala ao telefone. Sua companhia constante: um cachorro fedorento e um punhado de amigos fracassados.”

Sua missão: desvendar os mistérios que seguem em cartas de baralho. E mudar algumas vidas.

Depois de evitar um assalto absurdamente desastrado a um banco, Ed – que momentaneamente torna-se um herói para alguns poucos infelizes tanto quanto ele – começa a receber em sua casa cartas de baralho com algumas mensagens. Primeiro um Ás de ouros com três endereços escritos. O problema inicial é que ele não sabe o que tem de fazer.

Ele descobre.

Sempre.

Às vezes da forma mais cruel. Tanto física quanto mental. Seu desespero aumenta quando não encontra a resposta que busca: quem envia as cartas. Imagina ser alguém conhecido. Que sabe o quanto ele e os amigos são viciados em jogar cartas. Mas quanto mais tem de avançar em suas tarefas, mais complicadas e desafiadoras se tornam.

“Pode ser que um dia alguém diga: ‘Sim, o Bob Dylan estava prestes a virar um astro quando tinha 19 anos. Dali estava bem no caminho de se tornar um gênio e Joana d’Arc foi queimada na fogueira por ser a mulher mais importante da História... E aos 19 anos, Ed Kennedy encontrou aquela primeira carta entre as correspondências.’”

Seria ele o mensageiro?

*****
Editora Intrínseca.
Título original: The Messenger (2002)
Tradução: Antônio E. de Moura Filho
318 páginas
*****

Um comentário:

  1. Henry Evaristo05/07/2008 23:49

    Olá, Celly, querida! Vim te visitar! Este blog é muito legal; que idéia ótima! As pessoas precisam disso mesmo, cultura! Precisam ter, cada vez mais, contato com obras importantes. Resenhas são uma ótima forma de fazer com que as pessoas se interessem pelo maravilhoso mundo da literatura.
    Sua contribuição, através deste blog, é algo de grande valor para a nossa sociedade, tenha certeza!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.