25 de out de 2013

O Livro dos Prazeres Proibidos, o novo romance do autor argentino Federico Andahazi

O Livro dos Prazeres Proibidos, o novo romance do autor argentino Federico Andahazi será lançamento em outubro/novembro, pela Editora Bertrand Brasil, e custará R$30. Federico Andahazi virá ao Brasil para a Feira do Livro de Porto Alegre, que acontece nos dias 1º a 17 de novembro. E eu estarei lá. \o/

Leia a sinopse.

A Bertrand Brasil lança autor considerado um dos melhores latino-americanos da atualidade. Sexo, mistério e morte: uma mistura explosiva para uma leitura viciante Conhecido mundialmente pela publicação do best-seller O anatomista, Federico Andahazi volta a ser publicado no Brasil com o elogiado O livro dos prazeres proibidos, que segundo o próprio, é sua obra mais intensa.

O romance apresenta como protagonista Johannes Gutenberg, o inventor da prensa, e produz uma impecável reconstrução de cenários medievais, transportando o leitor para diversas cidades europeias do século XV. Em 1455, a cidade de Mainz, na Alemanha, está em polvorosa. Não bastassem as revoltas populares tão comuns à época, Gutenberg está sendo acusado de comercializar livros clandestinos, de roubar e de praticar bruxaria e satanismo juntamente com seus parceiros comerciais, Johann Fust e Petrus Schöffer. Sigfrido de Maguntia, o promotor do caso, é considerado o maior copista de seu tempo e tem um interesse especial, já que a Bíblia que os réus copiaram foi originalmente escrita por ele próprio. Ao mesmo tempo, o terror se espalha pela cidade, em especial no Mosteiro da Sagrada Canastra, um bordel de luxo às margens do rio Reno cujas prostitutas são adeptas das práticas dos “prazeres proibidos”. O motivo: um assassino anda à solta. Suas vítimas: invariavelmente, as prostitutas do bordel, que são mortas com brutalidade e têm as peles meticulosamente arrancadas.

O burburinho comum do local dá lugar ao silêncio. Tão acostumados a visitar as “adoradoras da Sagrada Canastra” – e a praticar seus rituais bem peculiares –, os homens da cidade estão trancafiados em suas casas, assim como as prostitutas. Em O livro dos prazeres proibidos, Andahazi reinventa a criação da prensa de Gutenberg, feito divisor de águas na história da humanidade. O caráter extremamente complexo e fascinante de seu protagonista conduz o leitor por um tour de force – desde sua infância até as tentativas e frustrações quanto à sua criação – e sua repercussão, na qual se alegou que seus livros eram fruto de pacto com o demônio.

Serviço
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 9788528616927
Ano: 2013
Páginas: 294
Tradutor: Luís Carlos Cabral 
Skoob | Bertrand Brasil

Sobre o autor
Federico Andahazi (Buenos Aires, 6 de Junho de 1963) é um escritor argentino. Em 1996, um escândalo cercou a premiação de seu romance O Anatomista, baseado na vida do médico renascentista Mateo Realdo Colombo. Tido como erótico pela fundação que promovia o concurso, o livro não recebeu o prêmio que conquistara. Publicado em 1997, tornou-se best-seller em vários países. Escreveu também o romance As Piedosas no ano de 1999, sendo traduzido para vários idiomas e sendo também um grande best-seller desse genial escritor argentino. Visite seu site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.