1 de ago de 2013

J.K. Rowling faz acordo com escritório de advocacia que revelou seu pseudônimo

A Folha de São Paulo traz a notícia sobre o acordo feito entre J. K. Rowling e o escritório de advocacia que revelou que na verdade Robert Galbraith é a autora de Harry Potter. Para trazer obra, The Cuckoo's Calling, para o Brasil, foram convidadas várias editoras, como Record e Nova Fronteira - que lançou Morte Súbita, romance adulto de Rowling - para participar do leilão, antes mesmo de se saber tratar de um nome fictício, mas recusaram e a Rocco - que apostou e lançou a série Harry Potter mesmo antes de ser o sucesso no mundo todo - acabou conseguindo já no primeiro lance. O valor não foi divulgado.

Acompanhe a matéria:

A descoberta de que J.K. Rowling é a verdadeira autora do livro The Cuckoo's Calling não foi trabalho de detetive. Ela foi desmascarada por causa de um tuíte enviado a jornalista por um amigo de um funcionário de seu escritório de advocacia. 

A notícia de que Robert Galbraith, que assinava como autor do livro, é na verdade um pseudônimo da autora da saga de Harry Potter foi publicada no jornal britânico Sunday Times e fez de The Cuckoo's Calling um best-seller.

Rowling entrou com uma ação por quebra de confiança contra o escritório de advocacia Russell, que foi julgada nesta quarta (31).

Com o ganho da causa, Rowling teve o direito de receber uma indenização do escritório, mas aceitou a proposta de que o dinheiro seja doada para uma instituição de caridade que ajuda militares e suas famílias. O valor da doação não foi revelado.

A escritora anunciou que também doará, por três anos, a renda obtida com venda de seu livro para a mesma instituição, chamada Soldier's Charity. Segundo Rowling, é uma forma de agradecer aos soldados que a ajudaram nas pesquisas feitas para escrever o livro.

"Sempre tive a intenção de doar para a caridade os direitos autorais de Robert Galbraith, mas eu não esperava que o livro aparecesse na lista dos mais vendidos apenas três meses após seu lançamento. Na verdade, eu nem imaginei que ele poderia estar na lista", afirmou a escritora em um comunicado.

O livro The Cuckoo's Calling foi lançado em abril com a assinatura do desconhecido escritor Robert Galbraith. Conta a história de Cormoran Strike, veterano da guerra do Afeganistão que se torna detetive particular e tenta desvendar o caso de suicídio de uma modelo.

A verdadeira autoria do livro foi revelada no Sunday Times no dia 14 de julho. 

4 comentários:

  1. Uau! Inesperado! Eu não acompanho o trajeto da autora, mas mesmo assim fiquei impressionado.

    Ainda não li reportagens sobre isso, mas será que ela publicou o livro sob pseudônimo apenas para ver se as pessoas comprariam sua obra novamente, em uma forma de provar que ela é realmente uma boa escritora e que seus livros vendem mesmo que seu nome não esteja neles?

    Ou será que ela só queria preservar a imagem da escritora, visto que este livro meio que foge da temática geral das suas obras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Piscies, bem-vindo!

      Bem, o que li deu para perceber que ela queria mesmo é escrever sem ser cobrada como autora de Harry Potter.

      Rowling disse que era libertador escrever sob esse pseudônimo por isso. Mas realmente não posso dizer até onde - e se - foi jogada.

      =)

      Excluir
  2. Muito irresponsável o que fizeram, mas pelo menos agora o livro irá vender muito mais e assim ela poderá doar ainda mais para a instituição de caridade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito mesmo! Essa é a vantagem, poder vender mais e ajudar mais gente. Nobre da parte da autora. =)

      Excluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.