2 de jul de 2013

Dica de leitura: Peter e Wendy e Peter Pan em Kensington Gardens - James Barrie

Quem não conhece o menino que não queria crescer? Peter Pan, Sininho, Wendy, o Capitão Gancho: todos eles estão gravados desde sempre em nosso imaginário. Mas qual é a origem desses personagens? O escocês J. M. Barrie (1860-1937) teve a ideia de criar a Terra do Nunca quando conheceu, em Londres, os irmãos Llewelyn Davies, que logo perderiam pai e mãe. Peter Pan também é, em certa medida, um dos irmãos de Barrie, David, que morreu aos treze anos e passou a ser, assim, o menino que nunca cresceria.

Peter apareceu em livro pela primeira vez em 1902, no romance para adultos The Little White Bird. Dois anos depois, o personagem chegou ao teatro. Em 1906, um trecho de Little White Bird foi publicado com o título Peter Pan em Kensington Gardens. Em 1911, Barrie fez da peça o romance Peter e Wendy. São essas as duas narrativas de Peter Pan - Peter e Wendy seguido de Peter Pan em Kensington Gardens, em nova tradução. São histórias incrivelmente divertidas e tocantes, por vezes sombrias, de grande força literária, que lidam com temas como o escapismo, a crueldade, a sexualidade, a morte, além de abordar com muita sensibilidade a passagem do tempo e a perda da inocência. Elas podem ser lidas incontáveis vezes, por adultos e crianças, sem jamais perder o encantamento. 

*****
Editora: L&PM
ISBN: 9788525420763
Ano: 2011
Páginas: 256
Tradutor: Rodrigo Breunig
Skoob | L&PM | Leia um trecho
*****

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.