16 de ago de 2012

Dica de leitura + convite de lançamento: Ninauá - Juarez Nogueira

Foi durante um ritual na aldeia katukina, em 2006, que o autor Juarez Nogueira conseguiu a inspiração necessária para escrever Ninauá, livro infanto-juvenil lançado este ano pela Gulliver Editora e que resgata a essência de mitos, contos de fadas e lendas da selva amazônica.

A história do pequeno Ninauá é uma estrutura narrativa universal. Seu nome, herdado do pai, significa “grande homem da floresta”. Um dia, os daku nawás – os homens enrolados – invadem a aldeia de Ninauá e capturam seus parentes. Em fuga, o indiozinho mergulha no igarapé, de onde sai à procura de sua gente. Seguindo em uma aventura pelas matas, Ninauá conta com a ajuda dos yuxin, os encantados, para encontrar seu povo e livrá-lo do cativeiro. Em sua busca, terá de enfrentar seu inimigo, o txakabu nawá. Homem mau e ambicioso, instigado pelas histórias de um velho índio jivaro, ele persegue um tesouro: acredita que a floresta esconde as lendárias minas do Rei Salomão.

A aventura de Ninauá tem a arte da capa realizada pelo carioca Rafael Nobre, sobre ilustração do artista acriano Ivan Campos, que tem obras em circuitos artísticos do Japão, Europa e Estados Unidos.

*****
Editora: Gulliver
Ano: 2012
Páginas: 223
Skoob | Gulliver Editora
*****

Sobre o autor
Juarez Nogueira nasceu em dezembro, em Divinópolis, cidade do Divino – diz a escritura, sobre colchão de palha e travesseiro de flor macelinha, debaixo de temporal, no ano internacional do arroz, em que não houve prêmio Nobel da Paz e os Beatles cantavam Tomorrow Never Knows, o amanhã nunca se sabe. É autor dos livros Manuel de Sobrevivência na Redação, Quando Falar é Fazer (leia a resenha) e O Menino Alquimista (leia a resenha) (Leitura Altamente Recomendada pela FNLIJ ´Fundação Nacional do Livro Infantojuvenil).

Clique na imagem para ampliar

6 comentários:

  1. Ahhhhhhh amém amém lembraram de Divinópolis \o/\o/
    Torcer para o meu profs não enrolar a aula pra que eu possa ir ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs, vai sim, o autor é muito querido =)

      Excluir
  2. Muito bom o livro do Juarez, o final surpreende e emoiona. Valeu. Inês

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inês, ainda não li, mas não vejo a hora =)

      Excluir
  3. Parece bem bom o livro eim. Vai pros desejados =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é num formato diferente, mais comprido rs, é muito bonito. E a história promete ^.^

      Excluir

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.