27 de mar de 2012

E-books de ‘Harry Potter’ à venda, finalmente

Pottermore entra em operação e vende os sete livros da saga em parceria com Amazon, B&N, Sony e Google.

Demorou, mas aconteceu. Os sete livros que compõem a saga Harry Potter, de JK Rowling, estão disponíveis a partir de hoje em e-book, para EUA, Reino Unido, Canadá e Austrália, todos à venda pelo site Pottermore.

As edições eletrônicas da série, em formato ePub, podem ser lidas em diferentes aparelhos, uma vez que a Pottermore fez parcerias com Sony, Amazon, Barnes & Noble e Google – a exceção é a Apple, com quem a Pottermore não fechou acordo até agora. Mais varejistas devem ser incluídas no futuro.

Os e-books vão aparecer nos sites das empresas parceiras, mas a venda será feita exclusivamente pela Pottermore. É a primeira vez que empresas como Amazon e B&N vão direcionar seus clientes para compra em outra plataforma, em troca de uma porcentagem não revelada nas vendas.

Em entrevista à The Bookseller, Charlie Redmayne, principal executive do Pottermore, enfatizou que o lançamento dos e-books vai aumentar o interesse nos títulos da série, tanto impressos quanto digitais, e enfraquecer o mercado de edições digitais piratas dos títulos.

Os primeiros três e-books de Harry Potter estão sendo ofertados por US$ 7,99, enquanto os outros quatro têm preço de US$ 9,99. Por enquanto, os livros estão disponíveis para os mercados de língua inglesa. Nas próximas semanas, as edições em francês, italiano, alemão e espanhol também estarão à venda – e, segundo a Pottermore, mais idiomas serão incluídos mais para frente. Audiobooks também estão disponíveis por preços que vão de US$ 29,99 a US$ 44,99 para o conjunto de três e quatro títulos, respectivamente.

A venda de e-books marca o início das operações da Pottermore, um mundo virtual baseado nas criações de Rowling. Ainda não há data para o lançamento completo do site, que havia sido inicialmente planejado para outubro de 2011.

Os e-books de Harry Potter também estarão disponíveis para bibliotecas nos EUA e Reino Unido por meio da OverDrive. A licença para cada título terá duração de cinco anos e, nesse período, cada edição poderá ser emprestada sem limite de vezes.

Fonte: Publishnews

2 comentários:

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.