14 de jul de 2011

Dica de leitura: Lliane - As Crônicas dos Elfos - Jean-Louis Fetjaine

O mundo antes da trilogia dos Elfos

"Sempre com a mesma poesia pintada de mistério, de magia e de violência, Liane é o primeiro título da saga que regressa às origens da célebre ‘Trilogia dos Elfos’. Uma escrita eficaz e capaz de ressuscitar a magia e o vigor dos tempos antigos".
Le Monde

Sob o comando de um monge, uma colônia humana decide instalar-se na floresta de Éliande, a fim de aí serem construídas igrejas e aldeias. Os Elfos punem radicalmente esta intrusão e só o jovem Maheolas consegue escapar a esta investida. Contudo, este incidente revela-se o menor dos males, pois a partir desse momento os lobos negros, sedentos de sangue, semearão o terror por toda a parte.

A guerra é inevitável e as hordas Daquele-que-não-pode-ser-nomeado partem das Terras Negras, preparando-se para invadir a Terra e disseminar não só os Elfos como também os humanos e o povo do reino do rei Ker.

Mas no horizonte desponta ainda uma outra ameaça: a princesa Lliane, uma jovem elfo que se entrega às aventuras e às provas que farão dela a rainha guerreira, mas também a mulher sedutora e extremamente arrojada, deixa-se enfeitiçar pelos encantos do jovem humano que os Elfos salvaram aquando do ataque dos lobos negros. E eis então que os seus destinos ficarão unidos para todo o sempre.

*****
Título original: Les Chroniques des Elfes- Lliane
Tradução: Susana Serrão
Páginas: 232
ISBN: 978-972-1-05974-0
Edição: 2009
*****

Sobre o autor

Nascido em 1956, Jean-Louis Fetjaine é formado em Filosofia e História Medieval. Jornalista e editor, desde 1985, é autor de inúmeras obras.

Com o êxito da Trilogia dos Elfos, da qual fazem parte os títulos O Crepúsculo dos Elfos (1998), A Noite dos Elfos (1999), A Hora dos Elfos (2000), e dos romances O Caminho de Merlim (2002) e Brocelândia (2004), bem como As Rainhas de Púrpura — I: A Cortesã, Jean-Louis Fetjaine tornou-se um dos principais representantes francófonos da Literatura de Fantasia.

Este primeiro tomo marca o encontro do autor com a sua heroína, Lliane, a rainha dos Elfos, personagem central da Trilogia dos Elfos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.