4 de mar de 2010

Resenha: O Outro – Bernhard Schlink

O Outro (1962), conta a história de Bengt, que perde a mulher para o câncer.

“Poucos meses depois que ele se aposentou, sua mulher morreu”.

Antes era ele quem cuidava dela, enquanto ela estava doente. Depois também. Teve de arranjar todos os preparativos para o enterro e tudo o mais que se precisa depois que uma pessoa morre e a outra fica solitária.

“Não conseguia se decidir a abandonar a casa, aquele invólucro de sua vida”.

Ele sentia muita falta dela.

“Ele a achava bela e fazia questão de lhe mostrar o quanto sua beleza lhe agradava”.

Algumas cartas endereçadas a ela ainda chegavam, e ele leu. Em uma delas um homem escreveu detalhes que ele, o marido, desconhecia. Então, começou a imaginar se todos os gestos de carinho dela eram repetidos com o Outro. Sentiu ciúmes.

Isso o fez lembrar da distância com a qual tratava a esposa durante certo tempo. Achou as primeiras cartas enviadas pelo Outro. Uma datava de 11 anos atrás, exatamente do tempo em que a repelia. Nada se lembrava do casal nesta época.

Começou a se passar por ela e responder as cartas do Outro. Até que Berg foi ao encontro dele.

“Você só enxerga o que se apresenta para você e não o que se esconde por baixo das coisas”.

Um bonita história, para se valorizar antes de perder o que ou quem gostamos...
*****
Tradução de Kristina Michahelles
Editora: Record
ISBN: 9788501085436
Ano: 2009
Páginas: 96
*****

Bernhard Schlink nasceu em Bielefeld, Alemanha, em 06 de julho de 1944, também é autor de O Leitor (1995), A volta para casa (2006) e A menina com a lagartixa (leia a sinopse), que acaba de ser lançado no Brasil.

2 comentários:

Obrigada por dividir sua opinião. Ela é muito importante para o crescimento do blog e de seus leitores.